A importância da biodisponibilidade na hora de escolher os suplementos

A importância da biodisponibilidade na hora de escolher os suplementos

Por Em Nutrição & Saúde Em 3 de novembro de 2014


canstockphoto6823956Para que nosso organismo funcione perfeitamente, o consumo adequado de nutrientes é fundamental. A forma ideal de obtenção desses nutrientes é através da alimentação. Mas, em muitas situações, como durante a infância, gravidez, terceira idade, períodos pós-cirúrgicos ou durante a prática de atividade física, isso não é possível, tornando-se necessário o uso de suplementos alimentares.

Os suplementos são definidos como produtos consumidos com o objetivo de melhorar a saúde e prevenir doenças, por serem compostos por vitaminas, minerais, proteínas, carboidratos, entre outros.

No entanto, é preciso atenção, pois o sucesso – eficácia – da suplementação dependerá da BIODISPONIBILIDADE do suplemento utilizado.

O que é biodisponibilidade?

A biodisponibilidade de um composto representa a fração deste que é ingerida, absorvida e transportada para o local metabólico de ação no organismo. Logo, se um composto for consumido na forma e em quantidades não biodisponíveis, ele não conseguirá participar dos processos metabólicos, ou seja, não apresentará efeito no organismo.

Alguns fatores podem afetar a biodisponibilidade de nutrientes, como:

  • a concentração e a forma química em que esse composto é apresentado;
  • a nutrição e a saúde do indivíduo que receberá o suplemento;
  • a interação desse composto com outros nutrientes presentes no organismo.

Alguns nutrientes exigem uma mistura especializada para obter máxima absorção. E, em alguns casos, a suplementação de determinado nutriente pode causar efeitos tóxicos, de acordo com a forma e a quantidade em que é consumido.

A escolha do suplemento deve considerar:

  • quantidade e tipo de micronutriente presente nas formas de administração;
  • PH (ácido ou alcalino): pH gastrointestinal necessá­rio para a solubilização do nutriente;
  • forma de apresentação do suplemento: solução aquosa, cápsula, pó;
  • integridade intestinal e superfície de absorção: enzimas do trato gastrointestinal que auxiliam na absorção de alguns micronutrientes;
  • via de administração: oral, intramuscular ou endo­venosa, de acordo com a gravidade da deficiência nutri­cional

Os minerais quelatos Albion

Os minerais aminoácidos quelatos Albion® possuem características únicas devido ao processo de ligação entre o mineral e o aminoácido. Após o consumo, o mineral continua ligado aos aminoácidos em sua passagem pelo trato gastrointestinal. Isso impede que ele sofra interferências de outros compostos, como taninos, oxalatos e fitatos, substâncias presentes nos alimentos que se complexam com os minerais, reduzindo sua absorção.

Da mesma forma, os minerais quelatos em aminoácidos são neutros eletroquimicamente e não interagem com medicamentos, não formam complexos insolúveis com outros minerais nem competem com eles pelo sítio de absorção. Outra vantagem é a diminuição, ou até mesmo ausência de efeitos colaterais no trato gastrointestinal.

Essas características conferem aos minerais aminoácidos quelatos uma alta biodisponibilidade, superior a de todos os outros compostos minerais, como podemos ver no gráfico abaixo:

gráfico absorção $

Portanto, os suplementos ideais são os que contêm os minerais quelatos Albion, os mais biodisponíveis, seguros e eficazes do mundo.

Referências

  1. ASHMEAD, H. D.; GRAFF, D.; ASHMEAD, H. Intestinal absorption of metal ions chelates. Springfiels: Charles C. Thomas, 1985.
  1. BORDALO, Livia Azevedo et al. Cirurgia bariátrica: como e por que suplementar.Revista da Associação Médica Brasileira, V. 57, N. 1, P. 113-120, 2011.
  1. COZZOLINO, S. M. F. Força-tarefa alimentos fortificados e suplementos: “recomendações de nutrientes”. ILSI Brasil, março, 2009.
  1. WALZEL, E.; ASHMEAD, H. DeWayne: Conversations on chelation and mineral nutrition. 241 Seiten. Keats Publishing, Inc., New Canaan, Connecticut 1989. Food/Nahrung, V. 35, N. 1, P. 123-123, 1991.
  1. ZIMBERG, Ioná Zalcman et al. Avaliação dos rótulos de suplementos de carboidrato.Brazilian journal of sports nutrition, V. 1, N. 1, P. 16-20, 2012.
Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Sobre o Autor

Kilyos Minerals & Nutrition

2 Comentários

  • ana paula 2 YEARS AGO

    Me encontro em duvida para compra do suprimento pormotivo de ter o intestino priguisoço fico dias sen ir au banheiro ligostaria antis de compra oproduto busca infomaçao se nao vai piora aminha setuaçao

    Responder
    • Kilyos Minerals & Nutrition 2 YEARS AGO

      Olá Ana Paula, Agradecemos seu contato. Informamos que, em casos como este, é recomendado consultar um médico antes de utilizar os suplementos.

      Responder

Deixe um comentário

Receba nossas novidades por e-mail

Não divulgaremos suas informações