Ação da Vitamina K2 em pacientes renais

Ação da Vitamina K2 em pacientes renais

Por Em Análise de estudos, Nutrição & Saúde Em 1 de agosto de 2017


Artigo publicado pela Nutri Ingredients diz que a vitamina K2 pode reverter a calcificação dos vasos sanguíneos em pacientes renais  

Um novo estudo publicado na BMC Nephrology, com 50 pacientes em hemodiálise, mostrou que a suplementação por quatro semanas com MenaQ7® (vitamina K2 como MK-7 da NattoPharma) melhora significativamente a calcificação vascular, o que foi demonstrado pela redução do depósito de cálcio nos vasos sanguíneos.
Este estudo também confirmou associações observadas anteriormente entre a calcificação vascular e a proteína Gla da matriz não carboxilada e desfosforilada (dp-ucMGP), sua forma inativa, que é uma medida do status da vitamina K2 no organismo.

    “A administração diária de 360 mcg de vitamina K2 (MK-7) diminuiu os níveis de dp-ucMGP em 86% após 4 semanas e foi bem tolerada”, observaram pesquisadores da Universidade de São José Beirute e do Hospital Saint George Ajaltoun, no Líbano. Eles ainda apontaram uma profunda deficiência de vitamina K2 nesses pacientes.

Deficiência de K2

    A calcificação vascular é predominante em pacientes com doença renal crônica (DRC) submetidos à hemodiálise. Esses pacientes foram identificados como deficientes em vitamina K2 em pesquisas anteriores, com níveis de ingestão desse nutriente até 40% inferiores aos de indivíduos saudáveis devido a dietas restritivas desses indivíduos. A deficiência ainda pode ser aumentada pelo uso de antagonistas de vitamina K (anticoagulantes), usados para prevenir acidentes vasculares cerebrais e fibrilação atrial.

  A deficiência de vitamina K2 é caracterizada por níveis plasmáticos elevados do biomarcador dp-ucMGP. O biomarcador é uma proteína dependente de K2 e uma forma inativa da proteína MGP, que é reconhecida como um poderoso inibidor da calcificação vascular.

Calcificação Vascular

Apresentação sem título-2

Correlação de calcificação

     O estudo confirmou que o dp-ucMGP também está associado à calcificação vascular, que é medida pela espessura de calcificação aórtica (AC-24). Foi observado que os níveis de dp-ucMGP aumentam linearmente com o aumento da calcificação.

   Os pesquisadores explicaram que a proteína, além de poder ser usada como um marcador não invasivo da calcificação vascular, também poderia ser usada como uma forma de medir a redução da calcificação após o tratamento com vitamina K2 (MK-7).
     O estudo também lançou algumas dúvidas sobre o uso de antagonistas de vitamina K (AVKs) em pacientes em hemodiálise, e muitos especialistas concordaram recentemente em evitar esse tipo de tratamento nesses pacientes. “Em nosso estudo, após 2 semanas de retirada de AVK, os pacientes atingiram um nível estável de dp-ucMGP”, comentaram os pesquisadores.
Fonte:  “Vitamin K2 may reverse calcification of blood vessels in people with kidney disease”. 23 de Junho de 2017.
http://bit.ly/2sMx3uF 
Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Sobre o Autor

Kilyos Nutrition

Deixe um comentário

Receba nossas novidades por e-mail

Não divulgaremos suas informações