+55 11 2925 6035

imagem da noticia
O número de brasileiros que se encontram acima do peso cresce a cada ano, sendo que hoje mais da metade da população encontra-se com sobrepeso. A obesidade é um problema multifatorial e fatores como estresse e falta de tempo, aliados a refeições rápidas e sem atenção plena, podem dificultar a perda de peso e a qualidade de vida das pessoas. Nesse contexto, atitudes e comportamentos que fazem o indivíduo voltar a se conectar com ele mesmo podem auxiliar no manejo da obesidade.

O conceito de Mindfulness (atenção plena) é conhecido como a capacidade intencional de se trazer a atenção ao momento presente, sem julgamentos ou críticas, com uma atitude de abertura e curiosidade. Essa prática estendeu-se a fim de auxiliar as pessoas a se conectarem com sua própria alimentação, sendo conhecida como Mindful eating e que consiste em fazer escolhas alimentares conscientes, tornando hábil a diferença entre fome física, emocional e saciedade. Pode ser ainda definido, como atenção sem julgamentos ou críticas às sensações físicas e emocionais despertadas durante o ato de comer.  Não há uma definição universal do comer consciente, mas esses princípios são consistentes na literatura.

No processo de comer com atenção plena não há espaço para julgamento e a autocrítica, sendo que a culpa e a vergonha são substituídas por respeito. A não categorização da experiência alimentar como ‘boa’ ou ‘ruim’ leva a mente a aproveitar as sensações, aromas, texturas e sabores dos alimentos naquele momento.

Uma metanálise, que incluiu 10 estudos, encontrou evidências de que Mindful eating não é apenas uma opção prática para perda de peso quando comparado ao grupo que não sofreu intervenção, mas uma alternativa equivalente às abordagens de dieta com base em planos de restrição calórica. Este resultado é especialmente relevante à luz das discussões em curso com foco em aspectos comportamentais do excesso de peso como a falha da consciência da fome e pistas de saciedade, alimentação emocional ou por estresse. Tais aspectos comportamentais são considerados potencialmente relevantes para o fracasso dos programas de mudança de estilo de vida tradicionais.

Uma estratégia alimentar como o Mindful eating pode, portanto, ser considerada uma alternativa para pessoas que precisam perder peso, diante da luta com restrições de ingestão calórica ou a escolha de alimentos comuns nas tradicionais abordagens de dietas.


 
Referências bibliográficas
Dunn C, Haubenreiser M, Johnson M, Nordby K, Aggarwal S, Myer S, Thomas C. Mindfulness Approaches and Weight Loss, Weight Maintenance, and Weight Regain. Curr Obes Rep. 2018 Mar;7(1):37-49
Fuentes Artiles R, Staub K, Aldakak L, Eppenberger P, Rühli F, Bender N. Mindful eating and common diet programs lower body weight similarly: Systematic review and meta‐analysis. Obes Rev. 2019 Nov;20(11):1619-1627.
Polacow V, Costa AC, Figueiredo M. Comer om atenção plena. In: Alvarenga M, Figueiredo M, Timerman F, Antonaccio C. Nutrição Comportamental. Barueri, SP: Manole, 2015.
Warren JM, Smith N, Ashwell M. A structured literature review on the role of mindfulness, mindful eating and intuitive eating in changing eating behaviours: effectiveness and associated potential mechanisms. Nutr Res Rev. 2017 Dec;30(2):272-283

 

Materias relacionadas

imagem da noticia

A Nutrients publica: O risco de fratura infantil e a deficiência de K2

imagem da noticia

Tendências: Vitaminas e Suplementos

imagem da noticia

Prevalência de diabetes no mundo